Campo sintético do Mosteiro já entrou em funcionamento
Destaques
Campo sintético do Mosteiro já entrou em funcionamento
Entrou, este fim de semana, em funcionamento o relvado sintético do campo do Grupo Desportivo do Mosteiro. Refira-se que esta infraestrutura desportiva sofreu recentemente obras de requalificação tendo sido substituído o piso em terra batida pelo relvado sintético. O momento foi presenciado pelos dirigentes do G.D. do Mosteiro, pela Junta de Freguesia e pelo presidente da Câmara Municipal de Vieira do Minho, António Cardoso. Devido à Pandemia de Covid-19, a abertura foi apenas assinalada de forma simbólica, esperando em breve poder juntar neste espaço a massa associativa, atletas e a população em geral para proceder à inauguração deste espaço que vai servir a população em termos desportivos.
Campo sintético do Mosteiro já entrou em funcionamento prevImage
Campo sintético do Mosteiro já entrou em funcionamento nextImage
Ponte de Rês e Caminho de Ruivães classificados de interesse público
Destaques
Ponte de Rês e Caminho de Ruivães classificados de interesse público
A Ponte de Rês e o Caminho de Ruivães, no concelho de Vieira do Minho, foram classificados como conjunto de interesse público pelo "interesse como testemunho notável de vivências, valor estético e memória coletiva que reflete". De acordo com a portaria de classificação, publicada ontem em Diário da República, é fixada uma "graduação das restrições, nomeadamente quanto à volumetria, morfologia, alinhamentos e cérceas, cromatismo e revestimento exterior dos edifícios" Aquela classificação levou ainda à criação de "dois zonamentos": um correspondente à Ponte de Rês e o segundo correspondente ao Caminho de Ruivães. É ainda criada uma "área de sensibilidade arqueológica, correspondente a todo o conjunto a classificar (...) em que devem ser sujeitas a acompanhamento arqueológico, por parte de arqueólogo, todas as intervenções que impliquem movimento de terras ou alteração das preexistências". A atual Ponte de Rês, específica o texto, é "constituída por longo tabuleiro horizontal assente sobre um único arco de volta perfeita de boa altura, deverá corresponder a uma estrutura de origem tardo-medieval, com alterações posteriores, embora integre a antiga via militar romana que ligava Braga a Astorga, por Chaves, que estará na origem da Estrada Real 14 (EN 103). O caminho atravessa, neste ponto, o rio Saltadouro (ou rio da Cabreira), em local de notável enquadramento paisagístico, com margens ocupadas por vegetação autóctone e algumas azenhas em ruínas. A ponte foi igualmente testemunho de um episódio das Invasões Francesas com significado regional, a par da vizinha Ponte de Misarela.
Ponte de Rês e Caminho de Ruivães classificados de interesse público prevImage
Ponte de Rês e Caminho de Ruivães classificados de interesse público nextImage
Vieira do Minho vai limitar acesso das pessoas aos Cemitérios
Destaques
Vieira do Minho vai limitar acesso das pessoas aos Cemitérios
Decorreu, na tarde de ontem, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a reunião que juntou o presidente da Câmara Municipal, António Cardoso, o Arciprestado de Vieira do Minho, a Proteção Civil Municipal e os presidentes das Juntas de Freguesia do concelho com o objetivo de traçar as diretrizes que vão vigorar no Dia de Todos os Santos e dos Fiéis Defuntos. Atendendo ao quadro epidemiológico causado pela Covid-19 na região e no nosso país, mas procurando, simultaneamente, compatibilizar o sentimento expresso pelos fiéis católicos que todos os anos fazem uma romagem aos cemitérios quer na solenidade de Todos os Santos, vivida a 01 de novembro, quer no Dia dos Fiéis Defuntos, a 02 de novembro, estas entidades decidiram condicionar o acesso aos cemitérios. Assim, considerando o atual estado da pandemia, vão ser impostas medidas suplementares de proteção, como a obrigatoriedade do uso de máscaras, o condicionamento do número de visitantes, estabelecendo-se um limite máximo de permanência de pessoas em função da dimensão do espaço de cada cemitério. Para além destas medidas ficou, ainda acordado não se proceder às habituais cerimónias religiosas previstas para estes dias, realizadas nos cemitérios. A adoção deste conjunto de medidas vai ao encontro das diretrizes da Conferência Episcopal Portuguesa e da Arquidiocese de Braga, que entendem não ser apropriado o encerramento completo dos cemitérios. O Município de Vieira do Minho apela a todos os fiéis das nossas comunidades paroquiais, que caso lhes seja possível, realizem as visitas ao cemitério ao longo do mês.
Vieira do Minho vai limitar acesso das pessoas aos Cemitérios prevImage
Vieira do Minho vai limitar acesso das pessoas aos Cemitérios nextImage
Reabertura das piscinas municipais
Destaques
Reabertura das piscinas municipais
A Câmara Municipal de Vieira do Minho informa que a Piscina Municipal Coberta reabre ao público quinta-feira, dia 15 de outubro. Devido ao contexto atual provocado pela pandemia da COVID-19, foi necessário reformular o horário, o mapa de aulas, a sua duração e também o número máximo de alunos por turma. As pré-inscrições já efetuadas só passarão a inscrição efetiva, após validação dos serviços administrativos da Piscina Municipal. Os utentes da Piscina Municipal devem verificar a sua turma e contactar os serviços para validar ou fazer qualquer alteração. Mais se informa, que esta validação deverá ser efetuada a partir de amanhã, dia 14 de outubro, a partir das 14h00. Consulte o horário e turmas aqui  Horário e Turmas 2020
Reabertura das piscinas municipais prevImage
Reabertura das piscinas municipais nextImage
Queimas e queimadas permitidas
Destaques
Queimas e queimadas permitidas
Queimas e Queimadas As queimas e queimadas estão autorizadas, a partir de hoje, dia 01 de outubro, desde que devidamente comunicadas. A partir de 1 de outubro de 2020 todas as comunicações para realização de queimas de amontoados e pedidos de autorização para queimadas serão efetuados através da aplicação desenvolvida pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas . Carregue aqui Aplicação ICNF Se não tem acesso a meios digitais poderá disponibilizar dos serviços prestados pelo município. Para isso deve utilizar o seguinte número de telefone 253 649 270. Em caso de dúvida poderá contactar o Gabinete Técnico Florestal do Município de Vieira do Minho.
Queimas e queimadas permitidas prevImage
Queimas e queimadas permitidas nextImage
Processo de migração da rede TDT tem efeito em Vieira do Minho no próximo dia 23 de Outubro
Destaques
Processo de migração da rede TDT tem efeito em Vieira do Minho no próximo dia 23 de Outubro
O processo de migração para as novas frequências do serviço de televisão TDT , que abrange a área dos concelhos da Comunidade Intermunicipal do Ave ( CIM do AVE ) terá início no próximo dia 19 de Outubro, este processo irá decorrer ao longo de duas semanas. Os trabalhos de ressintonia dos emissores têm início de manhã, entre as 9 e as 10h da manhã, sendo que, enquanto decorrem os trabalhos de ressintonia (que demoram entre 4 a 6 horas), será colocado em funcionamento um emissor portátil, na frequência atual de funcionamento do emissor a ressintonizar, por forma a que a população continue a ter acesso ao serviço. Quando os trabalhos de ressintonia do emissor terminarem, este emissor é ligado na nova frequência, e o emissor portátil é desligado. Será neste momento que, para a população ter acesso ao serviço, terá de efetuar uma nova sintonia do televisor ou descodificador na nova frequência em que o emissor está a emitir. É um processo muito simples. Não é necessário substituir ou reorientar a antena, nem trocar a televisão ou o descodificador, e ninguém terá de subscrever serviços de televisão paga.                                                                               Apenas os condomínios/edifícios que tenham instalações com amplificadores mono-canal podem ter de os substituir. Caso não consiga sintonizar a sua televisão, saiba que pode contar com a ajuda dos técnicos especialistas da ANACOM através da linha telefónica gratuita 800 102 002 e, em casos de especial dificuldade, através da visita de uma equipa técnica à sua casa. A linha funciona todos os dias entre as 9h e as 22h. A alteração da rede TDT é necessária para a libertação da faixa de frequências (700 MHz) atualmente utilizada pela TDT e, deste modo, permitir dar início à implementação da 5ª geração móvel (5G) em Portugal. O calendário de ressintonia dos emissores que afetam os concelhos da CIM do AVE é o seguinte:   Pode consultar o folheto explicativo em formato digital  aqui - folheto ANACOM
Processo de migração da rede TDT tem efeito em Vieira do Minho no próximo dia 23 de Outubro prevImage
Processo de migração da rede TDT tem efeito em Vieira do Minho no próximo dia 23 de Outubro nextImage
Notícias
20 de Out '20
Ponte de Rês e Caminho de Ruivães classificados de interesse público
A Ponte de Rês e o Caminho de Ruivães, no concelho de Vieira do Minho, foram classificados como conjunto de interesse público pelo "interesse como testemunho notável de vivências, valor estético e memória coletiva que reflete". De acordo com a portaria de classificação, publicada ontem em Diário da República, é fixada uma "graduação das restrições, nomeadamente quanto à volumetria, morfologia, alinhamentos e cérceas, cromatismo e revestimento exterior dos edifícios" Aquela classificação levou ainda à criação de "dois zonamentos": um correspondente à Ponte de Rês e o segundo correspondente ao Caminho de Ruivães. É ainda criada uma "área de sensibilidade arqueológica, correspondente a todo o conjunto a classificar (...) em que devem ser sujeitas a acompanhamento arqueológico, por parte de arqueólogo, todas as intervenções que impliquem movimento de terras ou alteração das preexistências". A atual Ponte de Rês, específica o texto, é "constituída por longo tabuleiro horizontal assente sobre um único arco de volta perfeita de boa altura, deverá corresponder a uma estrutura de origem tardo-medieval, com alterações posteriores, embora integre a antiga via militar romana que ligava Braga a Astorga, por Chaves, que estará na origem da Estrada Real 14 (EN 103). O caminho atravessa, neste ponto, o rio Saltadouro (ou rio da Cabreira), em local de notável enquadramento paisagístico, com margens ocupadas por vegetação autóctone e algumas azenhas em ruínas. A ponte foi igualmente testemunho de um episódio das Invasões Francesas com significado regional, a par da vizinha Ponte de Misarela.
Ler notícia +
15 de Out '20
Vieira do Minho vai limitar acesso das pessoas aos Cemitérios
Decorreu, na tarde de ontem, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a reunião que juntou o presidente da Câmara Municipal, António Cardoso, o Arciprestado de Vieira do Minho, a Proteção Civil Municipal e os presidentes das Juntas de Freguesia do concelho com o objetivo de traçar as diretrizes que vão vigorar no Dia de Todos os Santos e dos Fiéis Defuntos. Atendendo ao quadro epidemiológico causado pela Covid-19 na região e no nosso país, mas procurando, simultaneamente, compatibilizar o sentimento expresso pelos fiéis católicos que todos os anos fazem uma romagem aos cemitérios quer na solenidade de Todos os Santos, vivida a 01 de novembro, quer no Dia dos Fiéis Defuntos, a 02 de novembro, estas entidades decidiram condicionar o acesso aos cemitérios. Assim, considerando o atual estado da pandemia, vão ser impostas medidas suplementares de proteção, como a obrigatoriedade do uso de máscaras, o condicionamento do número de visitantes, estabelecendo-se um limite máximo de permanência de pessoas em função da dimensão do espaço de cada cemitério. Para além destas medidas ficou, ainda acordado não se proceder às habituais cerimónias religiosas previstas para estes dias, realizadas nos cemitérios. A adoção deste conjunto de medidas vai ao encontro das diretrizes da Conferência Episcopal Portuguesa e da Arquidiocese de Braga, que entendem não ser apropriado o encerramento completo dos cemitérios. O Município de Vieira do Minho apela a todos os fiéis das nossas comunidades paroquiais, que caso lhes seja possível, realizem as visitas ao cemitério ao longo do mês.
Ler notícia +
Eventos
Feira da Ladra 2020 em Exposição
01
/
05
Feira da Ladra 2020 em Exposição
As festas concelhias de Vieira do Minho, designadas por Feira da Ladra, agendadas para o primeiro fim de semana de outubro, como já foi noticiado, não se vão realizar, este ano, devido à Pandemia de Covid- 19. Apesar desta decisão, tomada no dia 16 de setembro, em reunião de câmara, o Município de Vieira do Minho não vai deixar passar em claro esta data tão especial para a população deste concelho, ainda que de forma simbólica. Neste sentido, a Feira da Ladra 2020 vai ser passada em revista com duas exposições que irão estar patentes ao público, nesse fim de semana, na Casa de Lamas, e em frente aos Paços do concelho. Na Casa de Lamas vai estar patente ao público, nesse fim de semana (sábado dia 3, domingo, dia 4 e segunda-feira dia 5) uma exposição etnográfica, enquanto que em frente aos Paços do Concelho estará uma exposição de fotografia que irá mostrar algumas edições da Feira da Ladra, desde a sua génese até aos tempos atuais. Um verdadeiro postal ilustrado que nos vai fazer remontar aos tempos mais idos da nossa história. Para além destas exposições, também o carro alegórico vai levar música às 16 freguesias e uniões de freguesias do concelho, durante o fim de semana.
Data
03 Out - 31 Dez '20
Local
Casa de Lamas
Horário
09h00 às 18h00
Preço
Gratuita
Feira de Velharias
02
/
05
Feira de Velharias
A Praça Guilherme de Abreu vai acolher no próximo domingo, dia 23 de Fevereiro o uma Feira de Antiguidades e Velharias. O evento promovido pela Câmara Municipal em estreita colaboração com a Junta de Freguesia de Vieira do Minho, irá repetir-se a cada quarto domingo de cada mês. Neste certame, o visitante poderá adquirir e apreciar objectos antigos de grande valor.
Data
23 Fev '20
Local
Praça Dr. Guilherme de Abreu
Horário
09h00 às 16h00
Preço
Gratuito
Mercado de Outono
03
/
05
Mercado de Outono
Data
13 - 15 Nov '20
Local
Praça Dr. Guilherme de Abreu
Horário
09h00 às 20h00
Preço
Gratuito
Apanha da Azeitona
04
/
05
Apanha da Azeitona
No Sábado, dia 12 de Dezembro, Vieira volta à tradição com a Apanha da Azeitona, uma atividade promovida no âmbito do projeto “ Sentir Vieira” que vai, uma vez mais, despertar os sentidos dos participantes. Trata-se de uma atividade cujo objetivo passa por valorizar a terra e a agricultura do Concelho mantendo vivas as tradições, os usos e os costumes de antigamente. A iniciativa pretende também dar a conhecer todo o processo de transformação do azeite que vai desde a apanha, à escolha e moagem da azeitona num lagar tradicional e termina na produção do azeite. Com a iniciativa, o Município pretende, ainda atrair para o Concelho visitantes e ser, acima de tudo, um momento de festa e convívio entre os participantes. Para mais informações e formalizar a inscrição, os interessados deverão contactar o Posto de Turismo de Vieira do Minho através do 253 649 240 ou postodeturismo@cm-vminho.pt.
Data
12 Dez '20
Local
Vieira do Minho
Horário
10h00 às 15h00
Preço
Gratuito
Exposição Árvores de Natal 2020
05
/
05
Exposição Árvores de Natal 2020
O Natal está quase a chegar e como habitualmente o Município de Vieira do Minho vai organizar mais uma exposição de árvores de Natal. Nesse sentido convida todas as famílias, todas as instituições, as escolas e empresas do concelho a construir uma árvore de Natal ou outro objecto com motivo natalício para embelezar os jardins da Praça Guilherme de Abreu. Pretende-se com esta iniciativa fomentar o espírito de união e partilha desta época e dar cor, alegria e magia ao Natal dos Vieirenses. O ano passado foram expostas 60 árvores de Natal construídas com as mais variadas cores, formas e materiais, uma verdadeira mostra de cor e engenho. Participe nesta iniciativa e entregue os seus trabalhos na Câmara Municipal até ao dia 11 de Dezembro.
Data
11 Dez '20 - 08 Jan '21
Local
Praça Dr. Guilherme de Abreu
Horário
00h00 às 00h00
Preço
Gratuita